Posts Tagged ‘fotografo’

minimalismo

outubro 7, 2008

O fotógrafo Michael Kenna impressiona no uso dos brancos em suas fotos. Os detalhes pretos são mínimos e são extremamente bem colocados. São imagens que mais parecem terem sido tiradas em algum sonho calmo do que no mundo real.
No site tem bastante informação sobre todo o seu trabalho, como entrevistas e fotos de 1974 até hoje. Nesse video no Youtube, ele fala um pouco sobre como é o processo usado em suas fotografias.

Anúncios

fotografia de papelão

agosto 21, 2008


Miroslav Tichy é um velhinho tcheco que constrói suas próprias câmeras, usando materiais como papelão, elásticos e outros tipos de sucata. Ele revelas os negativos durante a madrugada, dentro de um balde, pois nem mesmo um darkroom ele tem. Mesma com esse equipamento precário, Miroslav consegue capturar imagens singulares em sua pequena cidade, usando a imperfeição como instrumento principal.

Três retratos de William Klein

agosto 11, 2008

“Caras que gostam de modelos não são homens de verdade. Eles tem medo das mulheres. Modelos não são mulheres de verdade porque elas nunca querem homens de verdade. Elas tem medo da vida! Por isso elas são modelos!”

Esse sermão, tirado do filme Qui Êtes-Vous, Polly Maggoo? de 1966, sintetiza o que William Klein acha do mundo da moda. Depois de 10 anos fotografando para a Vogue, Klein deixa a fotografia e começa a sua carreira de cinegrafista com esse filme.
Americano radicado na França, Klein inovou quando tirou as modelos do estúdio e as fotografou nas ruas. Foi taxado de “fotógrafo anti-fotógrafo”, pois utilizava recursos não usuais na fotografia de moda da época, como longas exposições, alto-contraste, granulação, entre outros. Apesar de ter repercutido valores negativos, o seu modo de fotografar foi bastante influente para os próximos fotógrafos, abrindo uma nova dimensão na fotografia de moda.
Klein fez somente três filmes de ficção, tendo dedicado mais aos documentários. A Criterion lançou uma box com esses três filmes, chamada The Delirious Fictions of William Klein. Todos os filmes são permeados por uma sátira inteligentíssima a diversos temas.

Photobucket
Qui Êtes-Vous, Polly Maggoo? (1966) [Torrent]

O Primeiro filme, de 1966, usa o glamoroso retrato de Polly Maggoo (interpretada pela bela Dorothy MacGowan, que foi escolhida por acaso entre milhares de garotas que gritavam para os Beatles no aeroporto de NY) para satirizar tudo que era relevante na França no meio da década de 60. Um belo retrato cômico em preto e branco dos valores, um tanto que superficiais, franceses daquela década.

Photobucket
Mr. Freedom (1969) [Torrent]

Deixando um pouco de lado a temática da moda, Klein filma no auge da Guerra do Vietnã, Mr. Freedom. Uma incrível experiência kitsch sobre o imperialismo americano., representado aqui por um “herói” enviado para a França para combater a invasão comunista. Mr. Freedom decide destruir o pais inteiro e qualquer um que aparecer em seu caminho. Surreal, não?

Photobucket
Le Couple Témoin (1977) [Torrent]

Depois de quase 10 anos, brincando com as diferenças entre o totalitarismo e a democracia, Le Couple Témoin mostra um experimento do Ministro do Futuro da França, que consiste em manter um casal preso durante seis meses em uma casa cheia de objetos modernos e “de design”, sendo filmados durante 24h., para demonstrar “uma nova cidade para o novo homem”. Uma evidente critica a perda da liberdade de opinião sobre o consumo próprio diante da propaganda e do governo.

Nenhum desses filmes vai mudar a sua vida, mas retratam bem a época em que cada um foi filmado. Sem contar o fato de que o olho de um lendário fotógrafo está por trás das câmeras.